Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook

Explore mais

Windows Server 2016 Nested Virtualization

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook

infraestruturapura-novidadesws16-banner

Olá Pessoal!

Dando continuidade a série de novidades existentes no Hyper-V do Windows Server 2016, nesse post falo sobre um recurso muito interessante: Nested Virtualization ou Virtualização Aninhada. Mas afinal de contas, o que é isso e para que serve? Nested Virtualization nada mais é do que poder executar o Hyper-V dentro de uma máquina virtual! Tal recurso é útil em diversas situações:

  • Ambiente de testes;
  • Demonstrações e apresentações sobre recursos do Windows Server 2016;
  • Execução de containers do Hyper-V.

Saiba mais sobre as mudanças no licenciamento do Windows Server


Hardware custa caro! Até então não era possível demonstrar a funcionalidade de alguns recursos devido não ser possível instalar e executar a função do Hyper-V dentro de máquinas virtuais (Exemplo: Um laboratório sobre alta disponibilidade de máquinas virtuais). Agora isso é possível no Hyper-V do Windows Server 2016. Na figura abaixo é observa-se tal arquitetura:

nestedvirtualzation
Nested Virtualization (Fonte: http://www.altaro.com/hyper-v/nested-virtualization-hyper-v-windows-server-2016/)

Pré-Requisitos

  • Host do Hyper-V (máquina física) executando o Windows Server 2016 ou o Windows 10 Build 1607;
  • Uma máquina virtual executando o Windows Server 2016 ou o Windows 10 Build 1607;
  • Processador Intel com tecnologia VT-x e EPT;
  • O recurso MAC Spoofing deve estar  habilitado na interface de rede virtual da VM em execução no host;
  • O recurso memória dinâmica deve estar desabilitado na VM em execução no host.

Se você tentar instalar o Hyper-V dentro de uma máquina virtual terá a seguinte mensagem de erro:

nestedvirtualizationerror
Erro ao ativar a função do Hyper-V dentro de uma VM.

Vamos agora preparar a máquina virtual para executar a função do Hyper-V. Desligue a VM do Windows Server 2016 e execute o Windows PowerShell com privilegias administrativos no host físico de virtualização. Utilize os comandos abaixo para expor os recursos de virtualização do processador para a máquina virtual:

nestedvirtualizationenable
Habilitando os recursos de virtualização do processador para a máquina virtual.

Verifique se o recurso “Memória Dinâmica” está desativado na VM:

nestedvirtualizationdinamuc
O Recurso de memória dinâmica deve estar desativado na máquina virtual em que a função do Hyper-V será instalada.

Ative a função MAC Spoofing (falsificação de endereço MAC) na placa de rede virtual da VM. Isso é necessário para que o tráfego de dados possa ser roteado entre os switches virtuais:

nestedvirtualizationmac
Ativando o recurso MAC Spoofing na interface de rede da máquina virtual.

Inicie a máquina virtual e instale normalmente a função do Hyper-V. Note que nenhuma mensagem de erro será exibida e a função será instalado com sucesso:

nestedvirtualzationok
Função do Hyper-V instalada com sucesso na máquina virtual.

Após a reinicialização do servidor virtual, o Hyper-V pode ser utilizado normalmente:

nestedvirtualzationfi
Hyper-V sendo executado em uma VM do Windows Server 2016 em execução no Hyper-V do Windows 10 Build 1607.

Até a próxima!

Libardi

Libardi

Explore mais