Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook

Explore mais

Outlook Online VS Outlook App

Talvez você se pergunte qual aplicativo Outlook deve usar para realizar tarefas diárias, como enviar e-mails, agendar e gerenciar tarefas e contatos.

Caixa Compartilhada Outlook

Caixa de e-mail compartilhada: É muito fácil criar caixas de correio compartilhadas para que um grupo de pessoas possa monitorar e enviar

Windows Server 2016 Hyper-V Containers

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook

infraestruturapura-novidadesws16-banner

Olá Pessoal!

No artigo publicado no dia 08/11/2016 – Windows Server 2016 Containers: Implantação e Configuração abordei de forma bem generalista o que são containers e como os mesmos se diferenciam de máquinas virtuais tradicionais (baseadas em hypervisor), terminei o artigo com um exemplo prático de instalação/configuração de um container executando o IIS (Internet Information Services). Nesse artigo apresento e discuto uma outra novidade do Windows Server 2016 – Hyper-V Containers.


Saiba mais sobre as mudanças no licenciamento do Windows Server.


Containers

Se você leu o artigo anterior, deve se lembrar que containers é a implantação da virtualização baseada em sistema operacional, criação de mais de um User Mode dentro do mesmo Kernel Mode, o que o que garante isolamento  e uma visão exclusiva dos recursos de hardware, mesmo compartilhando um núcleo comum (Figura 1).

container1
Figura 1. User Mode e Container User Mode (Fonte: Microsoft).

Observando a Figura 1, fica bem claro que se o núcleo do sistema for comprometido, todos os containers em execução também serão. Para resolver esse problema, a Microsoft parte para uma segunda abordagem: Hyper-V Containers – Implantação de um Kernel Mode individual dentro de uma máquina virtual otimizada para hospedagem de containers (Figura 2).

hyperv-containers
Figura 2. Kernel Mode isolado por meio da implantação de Hyper-V Containers (Fonte: Microsoft).

Com tais conceitos já revistos, vamos para a implantação prática. No meu cenário irei executar um container baseado em Hyper-V em uma máquina virtual do Windows Server 2016, uma vez que o Hyper-V é pré-requisito para implantação de Hyper-V Containers, é necessário habilitar a virtualização aninhada (Nested Virtualization) na máquina virtual do Windows Server 2016, para isso, siga os procedimentos apresentados na publicação do dia 22/11/2016 – Windows Server 2016 Nested Virtualization. Após a instalação do Hyper-V na máquina virtual, instale o recurso de containers (item 1 e 2 desse artigo).

1. Executar um container isolado pelo Hyper-V:

Execute a imagem anteriormente baixada (nesse ponto o container é realmente colocado em execução). O parâmetro “-it” significa que iremos conectar ao container de maneira interativa, executando o Windows PowerShell. O Parâmetro “–isolation=hyperv” garante o isolamento do Kernel Mode pelo Hyper-V“, já o parâmetro -p 80:80” redireciona o tráfego para porta 80 do container:

hypervc1

Execute a instalação do IIS:

figura10Por padrão, todo container é conectado a rede 172.16.0.0/12 que está vinculada a um switch virtual do tipo NAT. Com isso, o container consegue interagir com o host e acessar a Internet de forma transparente:

figura11A partir do host, acesse o site padrão do IIS hospedado dentro do container:

figura12Esse foi um exemplo prático de como isolar um container do Windows Server por meio do Hyper-V. Tal prática garante maior segurança para o container em execução, uma vez que o mesmo utiliza um Kernel Mode individual.

Até a próxima!

Libardi

Libardi

Explore mais

Outlook Online VS Outlook App

Talvez você se pergunte qual aplicativo Outlook deve usar para realizar tarefas diárias, como enviar e-mails, agendar e gerenciar tarefas e contatos.

Caixa Compartilhada Outlook

Caixa de e-mail compartilhada: É muito fácil criar caixas de correio compartilhadas para que um grupo de pessoas possa monitorar e enviar